08/03/2021

Equipe feminina vence a I Competição Brasileira de Direito e Processo Penal

A equipe da Universidade Estadual de Londrina (UEL), formada exclusivamente por mulheres, venceu a I Competição de Direito e Processo Penal, promovida pelo Instituto de Ciências Penais. Mais de 400 participantes iniciaram a disputa que abarcou graduandos de 11 estados brasileiros (todas as regiões do país). As atividades terminaram neste domingo, 7/3, após acirrada disputa.

As estudantes Amanda Caroline de Matos, Amanda Marcélia de Paula, Ana Elisa Bertolin da Silva, Beatriz Scherpinski Fernandes, Brunna Fernandes de Rezende Silva, Giovana Bohn, Giovanna Guassu de Araújo, Livian Schwarz Mendes, representantes da “Equipe 19”, receberão o troféu e as medalhas em Londrina.

Fase final

As equipes classificadas para as quartas de final (5, 13, 14, 18, 19, 27, 33 e 35) realizaram a sustentação oral sexta e sábado (5 e 6 de março). Dessas, foram selecionadas para a semifinal, as equipes 13, 18, 19 e 35. A equipe 18 ficou em segundo lugar.

Para a equipe vencedora o êxito é significado de muito estudo e dedicação. “Para nós, a felicidade de ter vencido a competição é indescritível. A oportunidade de participar de um evento tão grandioso e com pessoas tão renomadas é, sem dúvidas, de grande importância para nós e mostra que podemos alcançar e conquistar todos os nossos sonhos. Nos sentimos mais realizadas ainda ao levarmos o nome da nossa amada universidade, a UEL, para todo o Brasil”, relatam.

A última etapa da Competição foi realizada na “Plataforma ICP”. A ferramenta, inserida no sítio eletrônico do Instituto, tem como objetivo promover e fomentar a educação, tornando possível a realização de eventos e cursos online.

A cerimônia de encerramento pode ser vista no canal do Instituto de Ciências Penais no YouTube (https://www.youtube.com/institutodecienciaspenais).

A I Competição Brasileira de Direito e Processo Penal do ICP contou com o apoio do Instituto Brasileiro de Mercado de Capitais (IBMEC), do Instituto Brasileiro de Ciências Criminais (IBCCRIM), da Associação das Defensoras e dos Defensores Públicos de Minas Gerais (ADEPMG) e da Associação Mineira do Ministério Público (AMMP).

Relembre as fases da competição


Das 52 equipes inscritas, 30 foram aprovadas na fase escrita e classificadas para a próxima etapa. Na etapa escrita, os alunos elaboraram memoriais que simulam uma peça processual e, na fase oral, simulam uma sustentação oral perante um tribunal.

Os alunos foram avaliados por um corpo de julgadores renomados. O caso de estudo para a fase oral foi lançado em 7 de maio de 2020, podendo ser acessado pelo link http://icp.org.br/jovem/Com/8.

Belo Horizonte | Minas Gerais

(31) 97174-1956